09 março 2017

Resenha: Uma semana para se perder - Spindle Cove #2 - Tessa Dare

Título: Uma semana para se perder - Spindle Cove #2
Autora: Tessa Dare
Editora: Gutenberg
Ano: 2015
Páginas: 288
Sinopse:

O que pode acontecer quando um canalha decide acompanhar uma mulher inteligente em uma viagem? A bela e inteligente geóloga Minerva Highwood, uma das solteiras convictas de Spindle Cove, precisa ir à Escócia para apresentar uma grande descoberta em um importante simpósio. Mas para que isso aconteça, ela precisará encontrar alguém que a leve. Colin Sandhurst Payne, o Lorde Payne, um libertino de primeira, quer estar em qualquer lugar menos em Spindle Cove. Minerva decide, então, que ele é a pessoa ideal para embarcar com ela em sua aventura. Mas como uma mulher solteira poderia viajar acompanhada por um homem sem reputação? Esses parceiros improváveis têm uma semana para convencer suas famílias de que estão apaixonados, forjar uma fuga, correr de bandidos armados, sobreviver aos seus piores pesadelos e viajar 400 milhas sem se matar. Tudo isso dividindo uma pequena carruagem de dia e compartilhando uma cama menor ainda à noite. Mas durante essa conturbada convivência, Colin revela um caráter muito mais profundo que seu exterior jovial, e Minerva prova que a concha em que vive esconde uma bela e brilhante alma. Talvez uma semana seja tempo suficiente para encontrarem um mundo de problemas. Ou, quem sabe, um amor eterno.

Dando continuidade à série Spindle Cove da Tessa Dare, no seu segundo livro temos a história de Minerva e o peculiar Colin.
Já no primeiro livro fica evidente que Colin gosta de irritar Minerva chamando-a de todos os nomes menos o dela. Conhecido por ser mulherengo e irresponsável, este Lorde Colin Sandhurst Payne é alvo das mulheres e de mães casamenteiras. Mas, seu jeito é também uma forma de esconder os fantasmas do passado. Por viver atormentado com eles, prefere sair da realidade afundando-se cada vez mais em inúmeros copos de bebidas até que consiga cochilar, repetindo esses hábitos por muitas vezes.

Minerva, no entanto, vive para suas descobertas geológicas. Cientista, está sempre estudando e realizando anotações e agora precisa arrumar uma maneira de ir até o simpósio na Escócia, já que conseguiu a façanha de ser integrada à Sociedade Geológica Real.

Para isso ela tem a ideia de viajar com Payne. Minerva escreveu cartas e deixou em casa para que sua família encontrasse ao procurar por ela, dando a entender que eles estariam fugindo por serem apaixonados.
Colin, não suporta Spindle Cove e os controles de Bram como seu tutor e acaba cedendo à loucura de Minerva.

A viagem além de longa é feita de muitos desafios. Eles se alfinetam o tempo todo, aprontam todo tipo de loucuras e com o passar dos dias a proximidade acaba cedendo lugar para que se conheçam e se envolvam, mesmo que não assumam.
Colin mostra a Minerva os prazeres de uma vida sexual, e com isso a jovem desperta nele o refúgio e calor nos braços dessa atrapalhada mocinha. No entanto, ele não quer assumir um compromisso e espera a idade imposta para colocar a mão novamente em sua grana. Para isso preciso dobrar Bram...o que não é nada fácil.
Entre as loucuras dessa viagem, Minerva acaba desapontada por descobrirem que por ser mulher não poderá ser aceita pelos machistas da Sociedade Geológica e Colin sai em sua defesa.

Minerva é uma mocinha à frente do seu tempo. Astuta, determinada, e com Colin conseguiu desabrochar e se render aos encantos da paixão. Já com Payne, além de se apaixonar, passa a ser orgulhoso de sua amada, além de amadurecer como homem dedicando-se a família e o resgate do seu passado.
Um romance de época com personagens marcantes, com passagens quentes, mas de leitura leve, que de tão irreverente prende o leitor. Cheio de comédia, com um enredo maravilhoso, uma capa linda que valeu muito a pena a leitura e posso dizer que se tornou a mocinha preferida da série até então.








13 comentários:

  1. não sei se a personagem é a frente do tempo dela, acho que ela está lá no tempo dela tentando romper as barreiras do machismo. sobre o estilo Romance de época, não me chama atenção a ponto de comprar.

    ResponderExcluir
  2. Eu amo um bom romance de época e já fiquei curiosa com esse segundo volume, eu ainda não li o primeiro mas tenho vontade. Achei um bom romance e espero gostar quando eu for finalmente ler.

    ResponderExcluir
  3. Adorei a premissa do livro!
    A personagem feminina lutando por igualdade em uma época puramente machista despertou meu interesse logo de cara.
    E com uma pitada de humor fica melhor ainda. Dica anotada!

    ResponderExcluir
  4. Camila, eu era fascinada pelos romances de época, principalmente, quando se tratava de Jane Austen. Depois abusei do gênero por sentir que escreviam mais do mesmo. Hoje, os únicos livros de época que me atraem são as biografias por fugirem da padronização.
    Abraço. Ótima resenha apesar do gênero não me atrair.

    ResponderExcluir
  5. Olá!
    Eis o tipo de personagem feminina que eu gosto e também o tipo de início de romance que me chama a tenção, pois parece divertido, sem deixar de se aprofundar no decorrer da história.

    Anotado! :)

    ResponderExcluir
  6. Oi Ca!
    Adoro a Minerva um mocinha bem astuta. Ainda preciso ler o restante da série, mas esse me pegou de jeito!
    Adorei sua resenha.
    Bjs

    ResponderExcluir
  7. bem,pra ser sincera a premissa não me foi diferente de muitas obras do gênero, que - confesso - já ando saturada...
    não duvido que seja uma leitura leve e que vá agradar os fãs de romance de época,mas no meu caso,passo a dica...
    bjs...

    ResponderExcluir
  8. Oiee tudo bem?
    Sou suspeita para falar por que leio tudo que a autora lança por aqui, e esse com certeza foi o que mais gostei na série, Minerva é a epitome da mocinha desajeitada mas que no fundo deseja ser amada como todas nós!

    Bjs jany

    www.leituraentreamigas.com.br

    ResponderExcluir
  9. Oi, tudo bem?
    Já quero ler este livro!
    Adoro romances de época e este me deixou bem animada, ainda mais tendo uma mocinha cientista, bem diferente!
    Bjs

    ResponderExcluir
  10. Oi Camila, tudo bem??

    Nunca li nenhum romance de época, mas por todo o fandom da Tessa Dare, acho que é uma boa opção para começar kkk

    Atenciosamente,

    Tiago Valente
    http://avidalida.blogspot.com

    ResponderExcluir
  11. Minerva me encantou do início ao fim, sem dúvidas é a melhor mocinha de Spindle Cove. Ainda preciso ler o último, mas acho que será difícil bater o jeito dessa personagem.
    bjs

    ResponderExcluir

© Book Obsession - 2016 | Todos os direitos reservados.
Desenvolvimento por: Jaque Design | Tecnologia do Blogger.
imagem-logo