02 abril 2017

Resenha: The Kiss Of Deception - Mary E. Pearson

Título: The Kiss Of Deception - #1 Crônicas de amor e ódio
Autora: Mary E. Pearson
Editora: DarkSide
Ano: 2016
Páginas: 406
Sinopse:

Tudo parecia perfeito, um verdadeiro conto de fadas menos para a protagonista dessa história. Morrighan é um reino imerso em tradições, histórias e deveres, e a Primeira Filha da Casa Real, uma garota de 17 anos chamada Lia, decidiu fugir de um casamento arranjado que supostamente selaria a paz entre dois reinos através de uma aliança política. O jovem príncipe escolhido se vê então obrigado a atravessar o continente para encontrá-la a qualquer custo. Mas essa se torna também a missão de um temido assassino. Quem a encontrará primeiro?
Quando se vê refugiada em um pequeno vilarejo distante o lugar perfeito para recomeçar ela procura ser uma pessoa comum, se estabelecendo como garçonete, e escondendo sua vida de realeza. O que Lia não sabe, ao conhecer dois misteriosos rapazes recém-chegados ao vilarejo, é que um deles é o príncipe que fora abandonado e está desesperadamente à sua procura, e o outro, um assassino frio e sedutor enviado para dar um fim à sua breve vida. Lia se encontrará perante traições e segredos que vão desvendar um novo mundo ao seu redor.
O romance de Mary E. Pearson evoca culturas do nosso mundo e as transpõe para a história de forma magnífica. Através de uma escrita apaixonante e uma convincente narrativa, o primeiro volume das Crônicas de Amor e Ódio é capaz de mudar a nossa concepção entre o bem e o mal e nos fazer repensar todos os estereótipos aos quais estamos condicionados. É um livro sobre a importância da autodescoberta, do amor, e como ele pode nos enganar. Às vezes, nossas mais belas lembranças são histórias distorcidas pelo tempo.





Esse é o primeiro livro da Caveirinha (DarkSide/DarkLove) que eu leio. E apesar de ser do gênero Fantasia, que leio menos, nesse eu só demorei mesmo pela falta de tempo dos últimos dias.

A história traz como protagonista Lia, ou melhor, Arabella Celestine Idris Jezelia, princesa no reino de Morrighan, que em meio aos preparativos e rituais que antecedem a cerimônia do seu casamento arranjado por seu pai com o príncipe de Dalbreck, ela consegue com a ajuda da sua melhor amiga Pauline, fugir do reino e partir para Terravin, por ser contra a vida e os costumes que são impostos a ela.

Já em Terravin, Lia quer esquecer que é da realeza e com a ajuda de Berdi, que é dona de um bar e uma estalagem, e que também criou Pauline quando bem pequenina, acaba conseguindo se misturar aos demais, realizando atividades comuns para ajudar no dia a dia com os hospedes e a cozinha.
Sabendo que o local onde estão é provisório, Lia tenta a todo custo retirar as marcas da sua tatuagem colocada no ritual de casamento sem muito sucesso, restando esconder e aguardar que a mesma suma ao longo dos dias.

Com uma vida um pouco mais normal, Lia é surpreendida com a chegada de Rafe e Kaden no bar. Esses misteriosos rapazes acabam passando despercebidos por conseguirem se misturar sem levantarem suspeitas de quem realmente são. E como dizem que o perigo mora ao lado, eles conseguem se hospedar no seleiro de Berdi e permanecem na cidade enquanto observam Lia.

Kaden, é um assassino contratado que junto com seus homens pretendem matar Lia, mas no meio de suas interações com a jovem, acaba não conseguindo seguir em frente e cada vez mais atraído, numa tentativa de mantê-la ainda viva, acaba dizendo aos seus companheiros que ela teria o tal ‘dom’ (que é comum a primeira filha ter premonições assim como a mãe dela) e nisso decidem leva-la viva para a cidade de Venda.
Mas a essa altura, Rafe, que veio para Terravin atrás de Lia para matá-la por ter deixado ele esperando no altar, não consegue dar continuidade aos seus planos por já estar envolvido e gostando mais do que deveria daquela que o deixou. Aí você me pergunta, mas como ela não o reconheceu?! Eles não se conheciam, nunca tinham se visto, apesar de Lia ter tentando e ele não respondido seu apelo.




Lia se mostra uma jovem forte, determinada, corajosa e que queria se conhecer melhor, mas no decorrer dos acontecimentos sabia que teria que retornar, justamente por carregar consigo valiosos manuscritos. E as revelações são surpreendentes.
O envolvimento dos três: Lia, Rafe e Kaden foi bem desenvolvido e sutil. Confesso que tive um pouco de dificuldades de engrenar na leitura no início, mas depois que a narrativa foi ganhando força ficou difícil parar e tive que dar meu jeito para terminar, pois eu precisava saber como tudo iria acabar nesse primeiro livro. Claro que ficaram várias pontas soltas que certamente serão contadas nos próximos livros. A notícia boa é que todos os livros já estão à venda, então dá para ler sem morrer de curiosidade.

Não conhecia a escrita da autora e gostei bastante como ela descreveu tudo, a história é cheia de informações, textos, poemas e cânticos referentes à época, bem como costumes, tradições e as narrativas alternadas entre Lia, Kaden e Rafe.




Sobre o livro é sem dúvidas um grande investimento. Primeiro porque a história é fantástica, segundo pela beleza e cuidado da editora com o livro, uma capa belíssima, diagramação bem dentro do tema, ilustrações de mapas e ainda veio com pôster e não notei nenhum erro de ortografia, pelo contrário, várias palavras que para quem gosta como eu, são enriquecedoras para o vocabulário. 







5 comentários:

  1. Estou mega curiosa pra ler esse livro, só vejo comentários ótimos a cerca dessa trilogia.
    Sua resenha me deixou muito curiosa menina!
    bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Priscila, leia sim.
      Vale muito a pena. Estou gostando bastante de lê-lo.
      Beijos!

      Excluir
  2. Cá minha velocidade de leitura não acompanha a de vcs e os lançamentos dessas editoras.
    Esse já ta na lista de livros eternos huahauhaua

    ResponderExcluir
  3. Oi Camila.
    Ótima resenha.
    Eu amo essa trilogia! A Lia é tão incrível e corajosa e a escrita da Mary é super envolvente. O segundo é tão bom quanto o primeiro, você vai amar. Ansiosa para o terceiro chegar aqui em casa e eu poder conferir o desfecho.

    Beijos
    aventurandosenoslivros.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  4. Camila, adorei sua resenha, parabéns! Sempre leio a respeito desse livro e parece-me uma história bem instigante e envolvente. Já está em minha lista.

    Bjs
    www.livrosdabeta.blogspot.com.br

    ResponderExcluir

© Book Obsession - 2016 | Todos os direitos reservados.
Desenvolvimento por: Jaque Design | Tecnologia do Blogger.
imagem-logo