03 julho 2017

Resenha: Um amor para Penélope - Diane Bergher

Título: Um amor para Penélope - Série Belle Époque #1
Autora: Diane Bergher
Editora: Amazon
Ano: 2017
Páginas: 435

A vida fez de Penélope uma mulher forte e tenaz. No início do século XX, o sonho de toda mulher é ter um bom casamento e filhos, exceto para Penélope. Prestes a completar 25 anos, Penélope apenas quer receber a herança deixada pelo pai, um inglês que a deixou no Brasil ainda menina, e abrir uma escola para moças em São Paulo. Prestes a realizar seu sonho, Penélope é chamada por sua madrinha Violeta para que acompanhe a jovem Flora nos eventos sociais do Rio de Janeiro. Sem poder negar um pedido de sua amada madrinha, Penélope parte para o Rio de Janeiro, onde é acolhida pela tradicional família Gusmão de Albuquerque. Dona de uma beleza incomum e de uma inteligência irreverente, Penélope acaba por ser cortejada por vários cavalheiros, o que desperta ciúmes no solitário e responsável Felipe Gusmão de Albuquerque, o primogênito de Violeta. Viúvo e com uma filha pequena para educar, Felipe não esperava se apaixonar pela afilhada da mãe e fará de tudo para mantê-la distante de sua organizada e planejada vida. Felipe entende que Penélope não reúne as qualidades necessárias para ser a esposa de um rico banqueiro e chefe de uma das mais tradicionais famílias do Rio de Janeiro. Atormentados pela forte atração que sentem um pelo outro, Penélope e Felipe sucumbirão ao desejo e um forte sentimento nascerá entre eles.




Ah! Estou simplesmente apaixonada por essa história.
Como uma boa amante de romances de época, fico extremamente contente em ler mais desse gênero e principalmente de poder comprovar a qualidade das obras nacionais que tem surgido e o melhor, ambientadas no Brasil.

Penélope Lillian Ferreira, foi deixada por seu pai em um convento. Passou boa parte aos cuidados também de sua madrinha Violeta. Agora, próximo do início da temporada de bailes para a filha mais nova, Flora, a madrinha traz Peny para o Rio de Janeiro novamente com intuito também de lhe arrumar um bom partido.
Penélope nunca quis casar e parte disso foi ocasionado por lembranças de seus pais, mas seus dias estariam prestes a mudar com sua estadia na casa da família Gusmão de Albuquerque.

“Assim que meus olhos encontraram os seus, meu coração saltou no peito. Levaria dias para compreender a intensidade do que havia sentido naquele momento. Borboletas se agitavam dentro do meu estômago e uma vontade louca de ser beijada tomou-me.”


Todos são amáveis em sua chegada, mas o encontro com Felipe não pode se dizer que foi um dos melhores.

Primogênito, Felipe comanda os negócios da família no banco. Sisudo, não mede esforços para proporcionar a todos conforto e bem estar. Porém, suas marcas do passado, com a perda prematura de sua esposa, acabaram facilitando a formação de uma carranca de durão. Sempre ocupado acaba não sabendo lidar com os ímpetos de Eloíse, sua filha.

“Eloíse é uma menina de 8 anos e comporta-se como um moleque de 6 anos. (...) Mas é uma menina adorável, que implora para que você a note.”


Eloíse é astuta, esperta, cheia de energias, de sonhos e de projetos. Conclusão: suas preceptoras não conseguem ficar por muito tempo no cargo, mas Peny com seu jeitinho especial cria laços com a jovem e uma amizade vai crescendo entre elas.
Para Felipe, fica cada vez mais difícil suportar Peny, sua beleza e toda atenção recebida nos bailes. A atração se instala a cada embate e o homem das cavernas é despertado a cada aproximação da bela mulher dos olhos azuis.

“A risada de Penélope era melodia aos meus ouvidos. Os olhos azuis brilhavam intensamente, as bochechas estavam coradas. Ela estava alegre. Nunca a tinha visto tão alegre e eufórica.”


Ambos são intensos e Peny não tem ideia dos gatilhos que dispara em Felipe que acaba se rendendo ao desejo.
Mas nem sempre é um mar de rosas e muitas reviravoltas tendem a surgir e a insegurança, bem como o passado podem ser um empecilho na tomada de decisões.

Um amor para Penélope é o primeiro livro da série Belle Époque, se passa no Brasil como já havia mencionado. A autora ainda traz em sua obra referências da literatura nacional da época como Aluísio Azevedo, Machado de Assis, entre outros, evidenciando assim um primoroso trabalho de pesquisa.

Foi meu primeiro contato com a escrita da Diane e só posso dizer que amei essa leitura. As cenas são divertidas, os diálogos são inteligentes e seus personagens foram conduzidos com maestria. As narrativas são alternadas e o carrancudo do Felipe me encantou com seu romantismo. A diagramação está primorosa e a capa é linda. Sou apaixonada por azul. O ebook encontra-se disponível na Amazon, mas em breve teremos uma data para o livro físico. Logo trago mais informações sobre pré-venda pra vocês.

Um grande destaque foi a participação de Eloíse, que roubou as cenas quando se fez presente. E para a minha alegria, a autora já confirmou uma história só com ela, já anseio por vê-la explorando as Savanas.

Livro maravilhoso, personagens maravilhosos, leitura mais que recomendada!







13 comentários:

  1. Olá Camila, tudo bem?

    Eu estou por fora de muitos lançamentos de romances de época, mesmo porque eu não gosto muito do gênero. Tenho autores específicos, então já viu. Mas me encantei pelo enredo de Um amor para Penélope Diane, embora nomes compostos me deixem nervosa, rs. Mas vou dar uma olhada na Amazon. Quem sabe, não é mesmo?

    Beijos

    ResponderExcluir
  2. Poxa, sou louca pra ler romances assim. O que mais me chamou atenção na sua resenha foi o comprometimento da autora por inserir outros autores, referências da nossa literatura, em sua história. Isso realmente mostra o quanto ela pesquisou e quis mostrar que a gente também tem nossos bons autores e boas histórias. Parabéns pela resenha, beijinhos.

    Livros que Li

    ResponderExcluir
  3. Oi, Tudo bem?
    Eu acho bem interessante romance de época, mas ultimamente não tenho tido experiência muito boas com o gênero. Ainda não conhecia Um amor para Penélope - Série Belle Époque, confesso que fiquei interessado. Vou anotar aqui para ler quando tiver uma oportunidade, espero gostar do livro assim como você gostou. Muito boa a sua resenha. Adorei!

    Abraço!

    ResponderExcluir
  4. Amei saber que a história se passa no Brasil, quero muito conhecer melhor essa obra!
    Beijos
    Mari
    Pequenos Retalhos

    ResponderExcluir
  5. Eu ainda não conhecia o livro mas a capa já me chamou atenção e a sua resenha me deixou curiosa com a leitura. Eu gosto muito de romances de época e acho que posso gostar bastante desse livro, a premissa me agradou e me deixou bem curiosa.

    ResponderExcluir
  6. Oi tudo bem?
    Romances de época são um dos meus gêneros favoritos mas até então só li os da Julia Quinn. Mas vou te confessar que a sua resenha me deixou bem curiosa para fazer essa leitura, amo personagens com um bom passado nas costas mas que juntos se ajudam ao longo da história.

    Beijos

    ResponderExcluir
  7. Olá, tudo bem?

    Não conhecia o livro, acho muito legal as resenhas de autoras nacionais é muito importante.
    Que capa maravilhosa, gostei bastante da premissa.
    Vou anotar a dica e adquirir na primeira oportunidade.

    Beijos.

    ResponderExcluir
  8. Olá tudo bem?
    Não conhecia o livro, de forma que este é o primeiro contato que tenho. E devo dizer, gostei bastante da premissa. Sou apaixonada por romances de época e esse parece ser maravilhoso.
    Gostei também da Eloise, ela parece ser uma personagem divertida.
    Adorei sua resenha
    bjs

    ResponderExcluir
  9. Olá,

    Eu nunca li nenhum romance de época que se passa no Brasil, deve ser muito interessante conhecer mais sobre a época. Também adoro romances de épocas, mas ainda não tinha ouvido falar nesse, achei a capa muito bonita e bem trabalhada, anotarei a dica e espero ler em breve.

    Beijos,
    entreoculoselivros.blogspot.com

    ResponderExcluir
  10. Oi, tudo bem?
    Eu até leio romances de época, mas confesso que não é um gênero que me deixa muito animada, sabe? No entanto, achei bacana esse ser um livro nacional e que é ambientado no Brasil, sendo que a premissa é interessante e gostei de saber que são cenas divertidas e diálogos inteligentes.

    Beijos :*

    ResponderExcluir
  11. Oie, gostei da resenha. Mais romances de época não é meu gênero, porém as vezes gosto de ler e sai um pouco das livros de suspense e terro
    bjs

    ResponderExcluir
  12. Não gosto de romances de época, mas o fato desse ser ambientado no Brasil, chamou minha atenção, pois não vejo isso com frequência. Outra coisa, as referências nacionais da literatura, ganhou mais ponto comigo, quero, preciso ler.

    ResponderExcluir
  13. Olá Camila!
    eu não conhecia a autora e nem o seu livro, mas só pela sua resenha já me deu vontade de sair correndo e conhecer essa história que parece ser linda. Eu amo Romance de Época e esse com certeza vai para a minha lista de desejados.
    Beijinhos!

    ResponderExcluir

© Book Obsession - 2016 | Todos os direitos reservados.
Desenvolvimento por: Jaque Design | Tecnologia do Blogger.
imagem-logo